Qual cortina escolher?

 em cortinas

Quando vamos decorar um cômodo, seja ele a sala ou os quartos, um item costuma despertar várias dúvidas: a colocação ou não de cortinas. Mais do que um acessório, a cortina pode influenciar na configuração do ambiente.

Feitas em diferentes tecidos e com tamanhos mistos, elas podem tanto barrar toda a luminosidade, como apenas ocultar um pouco da luz vinda do ambiente exterior.

Por essas e outras características, muitas vezes, escolher a cortina certa pode ser bastante complicado. Para ajudar a tornar esse momento mais simples, preparamos um texto com tudo o que você precisa considerar na hora da compra. Confira.

 

Qual a sua necessidade?

Antes de comprar a cortina, é preciso pensar qual a necessidade desse revestimento, que papel ela irá desempenhar naquele cômodo onde será instalada.

É necessário considerar vários fatores, como: privacidade, quantidade de luz, estética, ou todos juntos, rsrs

Por exemplo, se você pretende instalar uma cortina em um quarto, uma boa pedida é a cortina blackout, que escurece totalmente o ambiente, permitindo um sono tranquilo, principalmente para quem trabalha durante a noite e precisa dormir durante o dia, ou para aqueles que gostam de dormir até tarde no domingão. Já para os que tem veneziana blackout, pode optar por uma cortina translúcida mesmo. Vide Imagem 1.

cortina blackout

imagem 1

A cortina blackout é uma boa pedida também para quem quer mais privacidade, como aquelas pessoas que vivem em locais onde as casas ou apartamentos tem janelas muito próximas umas das outras. Existem cortinas translúcidas que dão privacidade 100% também, porém não escurecem o ambiente como uma blackout.

Agora, se você quer uma cortina apenas para diminuir a claridade, mas sem tanta privacidade, a opção são as cortinas translúcidas, que cumprem bem esse papel e podem ser instaladas em sala, quartos, e pasmem, até em cozinha.

 

Cortina Para Sacada

Para a sacada gourmet é recomendada a cortina rolô screen, ou conhecida também como tela solar, que tem diferentes fatores de abertura – 1%, 3%, 5%, 10%, 25%. Quanto menor o percentual, menos luz entra, mais calor segura, e mais privacidade dá.

Existem duas formas de instalar a cortina, ela lado-a-lado ou com transpasse. Muita gente prefere com transpasse porque veda totalmente a entrada da luz, Vide imagem 2. Lado-a-lado fica com uma fresta entre a junção das peças, que é uma fresta pequena, mas alguns usuários se incomodam, e preferem da outra forma.

Geralmente os condomínios exigem que seja o tecido na cor Off White, para padronizar a fachada do imóvel.

Na imagem 2 abaixo, é um tecido Screen Off White com 3% de abertura, note que consegue ver o horizonte, porque ele não é um tecido totalmente fechado.

cortina blackout

imagem 2

Tipo da cortina

Outra preocupação importante na hora da compra é saber que tipo de cortina você quer instalar em sua casa. O mercado é muito vasto e as opções são tantas que podem confundir facilmente.

Por exemplo, uma opção é a cortina rolo. Mais tradicional, ele desenrola e enrola totalmente, para que esteja aberta ou fechada, ficando no tubo instalado acima da janela.Vide imagem 3.

cortina rolo

imagem 3

Para quem gosta de peças modernas e cheias de elegância, a cortina romana é uma ótima alternativa. Com gomos e babados, ela dá um tom delicado e moderno aos cômodos onde está colocada. Vide imagem 4.

cortina romana

imagem 4

Se o objetivo é instalar a cortina em um ambiente grande, como uma porta de sacada, a escolha ideal é a da cortina painel. Mas, se você fizer o tipo tradicional, pode escolher uma cortina de pano. Vide imagem 5.

cortina de pano

imagem 5

As cortinas tradicionais, que são as de pano, nunca saem da moda, se você gosta de misturar a vida moderna com aquele ar tradicional, então a cortina de pano é uma boa pedida. Vide Imagem 6

cortinas tradicionais

imagem 6

Tecido

Na hora da compra da cortina, outro ponto que precisa ser muito bem observado é o tecido com que o produto é confeccionado. Por exemplo, um dos queridinhos é o linho. Vide imagem 7

cortina de linho

imagem 7

Bastante delicada, as cortinas de linho trazem delicadeza e suavidade a um ambiente, e como não barram tanto a entrada de luz são uma ótima opção para quem quer decorar a sala.

As cortinas em tecido voil também são ótimas para salas, já que absorvem a luminosidade, mas sem deixar o ambiente totalmente escuro. Mas, se o objetivo for proteger um ambiente do excesso de luz solar, a cortina com tecido solar é a melhor pedida. Vide imagem 8

cortinas em tecido voil

imagem 8

Os tecidos solares estão na mora, porque filtram os raios solares, diminui a claridade e concede privacidade, com diferentes intensidades dependendo do percentual de abertura: 1%, 3%, 5% e 10%. Vide Imagem 9

tecidos solares

imagem 9

Agora, se a cortina blackout é a sua escolha, pode optar por aquelas que têm designs na frente ou que possuam um visual mais rústico, como as feitas em tecido de lona – com um custo mais acessível, mas potente no escurecimento, rsrs.

Configuração do ambiente

Por fim, na hora de comprar e instalar uma cortina, é muito importante pensar na configuração do ambiente, levando em consideração quantas peças de decoração existem no local onde a cortina será instalada. Não é possível deixar uma peça muito grande, pelo peso da peça, pela limitação da largura de um tecido, e até mesmo pela estética do ambiente.

Por exemplo, cortinas muito grandes não devem ser deixadas em locais muito pequenos. O ideal é optar pelas menores que, agrupadas, compõem o ambiente certo.

Com essas dicas, a compra de sua cortina nova será muito mais simples e fácil.

Tenho muito mais para falar, mas para melhor definição, que tal uma visitinha aqui na nossa loja? Ou se preferir, podemos agendar uma visitinha!

Postagens Recentes
Comentários
  • Avatar
    Ana Araujo
    Responder

    Excelente empresa e atendimento.

Deixe um Comentário